terça-feira, 9 de outubro de 2007

Safe - M83 (Before The Dawn Heals Us)

Tivesse o Inverno um nome, seria o teu. O aconchego do teu sorriso e a luz dos teus olhos, cristalizam os meus dias de frio. E quando a chuva, compassada, atinge o chão, não me passa nunca pelo corpo porque só sentimos o que vemos e os teus cabelos não me deixam pensar na água que jorra dos céus. Quando, nas manhãs geladas, o ar que expiro fica visível, é porque com ele te pretendo abraçar, fugir da terra orvalhada e dar um beijo por entre os cachecóis.
Mas eu sei, meu amor… eu sei que nada disto existe em ti e que são criações perfumadas da minha alma triste. E que nada em nós é inteiro, a não ser a solidão. As rosas do nosso jardim murcharam, foram engolidas pela terra e temo que não voltem a aparecer. E tu, meu amor, se por ventura em alguma dessas manhãs vires nos meus olhos a paixão que te tenho, caminha na minha direcção e aguentaremos juntos esta estação fria e melancólica.
E lembra-te… tivesse o Inverno um nome, seria o teu.

1 comentário:

Anónimo disse...

http://site.ru - [url=http://site.ru]site1[/url] site
site2